Pois é...
Estranho é esse projecto, estranho por ser raro.

Abraço
10 de Fevereiro de 2009 às 19:29