31 de Dezembro de 2007
O Melhor - A Presidência da União Europeia.
Foi sem dúvida o ponto alto do Governo Português no Ano que findou. A sua acção junto de áreas de visibilidade e ligação externa ficaram perenes durante alguns tempos. A assinatura do Tratado Reformador, a abertura do Espaço Schengen aos países de Leste e as cimeiras com a África e com o Brasil abriram portas para um crescimento europeu e imposição no panorama Mundial.

O Pior - O Desemprego
Procurei e reflecti sobre qual seria o pior do Governo Português. Decidi-me pelo desemprego visto também me afectar a mim. É claro que neste aspecto o Governo não tem conseguído atrair investimento. A crise que tanto se apregoa à anos reflecte-se na confiança dos investidores e como tal a criação de emprego esbarra nestes entraves. Se juntarmos a isto, o anúncio do estagnar da contratação de profissionais de Saúde no sector público para o próximo ano, verificamos que não será possível garantir e continuar as reformas que se querem fazer na saúde sem que as dotações seguras de profissionais se cumpram. Tenho medo de ir parar a um hospital, onde os profissionais estão sobrecarregados de turnos e como tal as suas condições para o exercício correcto da sua profissão não se verificar.
publicado por Luís Caldas às 15:42

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

18
21

23
24
25
26

30


arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


blogs SAPO