04 de Novembro de 2007
Quem me conhece sabe que é preciso chegar a tamanha revolta para expressar tamanha ironia que irá preencher as próximas linhas.

Não podia deixar de dar os parabéns a quem efectivamente manda neste país. Senhor Socrates, hoje não é você o meu bombo. Mas, sim os jornalistas.

Aqueles senhores que dantes escreviam no seu bloco e depois dactilografavam em máquinas de escrever rudimentares. Felizmente ou infelizmente, a sociedade evoluiu, deu-lhes o computador e o gravador, para que pudessem melhor relatar os factos. Tal e qual, eles aconteceram, com isenção jornalista e com a transmissão da verdade.

Poder sagrado. Estes senhores fazem o que querem, lançam os boatos que querem, queimam A, B ou C com meias verdades (quando não são apenas e só mentiras). Publicam histórias de ficção, deturpam declarações, nem tendo o cuidado de retirar a citação.

Ups tinha dito que iria ser irónico, pelos vistos estou a ser directo. Mas o poder que a sociedade lhes dá, a força e poder que dão para atacar e destruir tudo o que não compreendem, causam-me repulsa.

Honra a todos os Jornalistas que dia após dia, trabalham e não podem ser revistos neste mundo de manipulação, falsidade e mentira. Esses sim, merecem ser lembrados e sublinhados com maiúsculas. A grande dúvida que deixo a esses: Será que em vocês, alguma vez, o povo enganado acreditará?
publicado por Luís Caldas às 14:55

O problema é que vemos jornais de referencia como o Público e o Expresso envolvidos em diz que disse e que se ouviu dizer...

Seria importante os editores definirem linhas editoriais concretas para que o mercado possa seleccionar os melhores, caso contrario entramos numa mescla tal que todos sao tratados por igual...

Como em todas as profissões, os maus profissionais, com este tipo de atitudes, levarao ao retirar de regalias e direitos a todos... O que se pode tornar um perigo para a sociedade democrata...
4 de Novembro de 2007 às 15:55

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

2 seguidores
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14

20
21
22

27
28
29
30


arquivos
2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


blogs SAPO